Dona de casa organiza “vaquinha” em favor do genro que quebrou o pé e precisa de cirurgia urgente

248
visualizações

Virginia Dias Souza, 43 anos, que trabalha com serviços gerais em uma fazenda próxima a Campo Grande está organizando uma “vaquinha” com a finalidade de conseguir recursos para que seu genro Edimar Cardoso de Oliveira, 33 anos, realize, com urgência, uma cirurgia no pé que quebrou há oito meses, numa rodada do cavalo em que trabalhava. Na verdade, ele precisa refazer uma cirurgia que teve complicações e já era para ter sido refeita pelo SUS.

Impossibilitado de trabalhar, Edimar está conseguindo sustentar a família com a ajuda da cesta-básica da fazenda em que trabalha e de outras pessoas, já que é uma pessoa muito querida. Como o INSS recusou continuar pagando o benefício, que durou por apenas três meses, a família espera conseguir recursos para pagar a cirurgia A alegação do INSS é de que Edimar só poderá receber o benefício depois que fizer a cirurgia. “Mas esperar isso até quando, se ele não pode forçar o pé?”, questiona Virgínia.

Filha com AVC

Mas o drama da família de Virgínia não para por aí. Logo após o genro fraturar o pé, sua filha de 24 anos sofreu um AVC e ainda está em recuperação. “Atualmente ela está voltando a sentir muita dor na cabeça”, relata a mãe, que cuida da filha, do genro e ajuda a cuidar do filhinho do casal, de 1 ano e 4 meses de idade.

Até então, cuidava também da mãe, que também sofreu AVC.

As chaves PIX para quem quiser ajudar são:

034.509.921 – CPF

67 99897-7687 – Celular

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui