Polícia Civil resgata cães abandonados em imóvel fechado 

181
visualizações

Uma denúncia anônima trouxe à tona mais um caso de abandono de animais, em um imóvel fechado, localizado no Bairro Guatós, no município de Corumbá-MS. O caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil, que foi, nesta quarta-feira, 19/06, averiguar a procedência da informação e encontrou dois cães adultos e um filhote trancados sem água e sem ração.

O imóvel, que fica atrás de uma loja, era alugado por um ex-funcionário de um comércio local, que havia sido dispensado do serviço há uma semana. Desde então, ele abandonou os animais no local e foi embora.

Quando questionado sobre os cães, o ex-locatário prometeu buscá-los, mas não retornou e não forneceu mais informações. Uma equipe da 1ª Delegacia de Polícia Civil foi até o local e ao chegar lá, encontrou os dois cães adultos no quintal e um filhote trancado dentro do imóvel.

Os animais estavam visivelmente famintos e desnutridos, com ossos aparentes, falhas no pelo, infestação de parasitas, anemia e desidratação. O ambiente estava repleto de entulhos e fezes, criando um cenário de extrema negligência.

Testemunhas relataram que, apesar das festas frequentes realizadas pelo tutor no imóvel, os cães eram negligenciados e raramente recebiam alimentação adequada. Mesmo após repetidas cobranças para que cuidasse melhor dos animais, o ex-locatário insistia que os alimentava, apesar da magreza extrema dos cães ser evidente.

Os três cachorros foram resgatados e levados para uma ONG de proteção animal, onde receberão os cuidados veterinários necessários. Assim que estiverem saudáveis, serão disponibilizados para adoção.

A Polícia Civil reforça que continuará trabalhando ativamente, dando respostas rápidas às denúncias de maus-tratos, com o intuito de proteger os animais. A colaboração da comunidade também é essencial.

A Polícia Civil reafirma seu compromisso com a proteção e bem-estar dos animais, encorajando a população a continuar vigilante e a denunciar quaisquer situações de maus-tratos, pelo telefone: (67) 3234-7111 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui