Projeto Dona Della em Água Clara auxilia mulheres na formalização de negócios e amplia geração de renda

127
visualizações

Em Água Clara, mulheres conseguiram ampliar a geração de renda com um incremento de 15% no rendimento mensal, no último ano. O número foi alcançado com o projeto Dona Della que atendeu 60 participantes, sendo metade em situação de vulnerabilidade social, de maio de 2023 a maio de 2024. Promovido no município pelo Sebrae/MS e MS Florestal, em parceria com a Bracell Social, Prefeitura Municipal e Associação Comercial e Empresarial de Água Clara, o encerramento do primeiro ciclo da iniciativa foi celebrado, na noite dessa segunda-feira (25), em um evento que também anunciou a realização de um segundo período de trabalho que irá contemplar outras 30 mulheres pelo próximo ano.

Para a gerente da regional Costa Leste do Sebrae/MS, Josi Signori, a iniciativa teve um papel importante para a inclusão produtiva das mulheres atendidas e trouxe para elas uma nova perspectiva para o futuro. “Dentre as 35 empreendedoras que concluíram o primeiro ciclo do projeto Dona Della, oito foram premiadas por terem alcançado um aumento de produtividade e faturamento. Esse foi um grande trabalho, executado a muitas mãos, que possibilitou que as mulheres desenvolvessem um olhar ampliado para além do dia a dia, com sonhos a serem realizados. Acredito que elas saíram melhor preparadas para desempenharem seus negócios e suas empresas”, pontuou Josi.

Segundo a gerente de Relações Institucionais, Governamentais e com Comunidades da MS Florestal, Marisa Coutinho, a iniciativa impactou positivamente a vida das participantes. “Por meio desta parceria com o Sebrae, conseguimos dar o incentivo para que essas mulheres explorem todo o seu potencial como pessoa e como empreendedora. Para a MS Florestal, fazer parte deste momento é um orgulho e nos ajuda a seguir em nosso propósito de que só é bom para a empresa se for bom para a comunidade”, destacou.

Representando a prefeitura de Água Clara, a assessora de logística Aline Clemente reforça a transformação social que o projeto proporcionou ao município, que conta com aproximadamente 17 mil habitantes. “Nosso objetivo é qualificar nossas mulheres para um futuro ainda mais promissor e, ninguém melhor do que a primeira prefeita da história da nossa cidade, para reafirmar que lugar de mulher é onde ela quiser, inclusive no ambiente de trabalho, sendo valorizada como elas merecem. Encerramos esse primeiro ciclo do programa com muita união e boas conquistas, celebrando o empreendedorismo feminino”, ressaltou.

Transformação

Iniciativa foi realizada pelo Sebrae/MS e MS Florestal, em parceria com a Bracell Social, Prefeitura Municipal de Água Clara, e Associação Comercial do município

Por meio do projeto Dona Della, as participantes foram acompanhadas para que pudessem identificar no empreendedorismo uma fonte de renda para auxiliar no sustento das suas famílias. A iniciativa proporcionou 210 horas de treinamento, que incluíram mentoria individual e coletiva, além do oferecimento de capacitações como a participação em palestras e oficinas. O grupo também recebeu suporte para que pudesse identificar novas oportunidades de mercado, com a participação em sessões de negócios e eventos que permitiram a exposição de produtos.

Após passarem pelo programa, cinco empreendedoras de Água Clara conseguiram consolidar seus negócios e se formalizaram como microempreendedoras individuais (MEIs). Uma delas é a massoterapeuta Ana Lucia Rodrigues Carneiro, ou simplesmente Analu – como gosta de ser chamada. Para ela, o empreendedorismo trouxe uma nova perspectiva de vida, pois descobriu sua paixão ao enfrentar um problema de saúde pessoal. Ela conta que decidiu buscar a especialização para ajudar outras pessoas que também tinham as mesmas dificuldades e, em 2021, já em Água Clara, abriu as portas da AnaLu Therapy.

“Não tenho nem palavras para expressar minha gratidão. Foi um processo de ressignificação para todas nós e com certeza esse projeto mudou vidas, trouxe sonhos e é só o começo. Parabéns e obrigada a toda equipe que acreditou e comprou a ideia de transformar mulheres que são donas dos próprios negócios”, comemorou.

Outro caso inspirador é o da artesã Doane Padilha, natural do Rio Grande do Sul e apaixonada pela costura deste os 15 anos de idade. A empreendedora viu no projeto a chance de mudar de vida. “O Dona Della veio como um recomeço: eu estava praticamente parada e o projeto trouxe apenas coisas boas, me ensinou a empreender, a lidar com as finanças, como atender meus clientes e muito mais. Foi um sucesso e eu pretendo continuar em contato com esse projeto que empodera as mulheres. Foi muito gratificante participar”, reforçou.

Projeto Dona Della

O projeto Dona Della consiste na capacitação e criação de uma rede colaborativa local de mulheres focada no fortalecimento de competências empreendedoras, socioemocionais e na conscientização sobre temas sensíveis, como violência contra a mulher e saúde, fomentando a circulação de renda em seus próprios territórios.

Conforme dados do Global Entrepreneurship Monitor (Monitor Global de Empreendedorismo, em tradução livre), as mulheres formam 46% dos empreendedores iniciais, com negócios até 3,5 anos. Ainda de acordo com dados do próprio Sebrae, 48% são microempreendedores individuais. Assim, projetos e parcerias, como o Dona Della, são essenciais para fomentar a participação feminina nos negócios.

Outras informações sobre as ações promovidas pelo Sebrae/MS, em conjunto com parceiros, com o foco no fomento ao empreendedorismo feminino, podem ser obtidas pelo número 0800 570 0800.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui