Corpo de peão morto após ser pisoteado por touro durante rodeio é sepultado em Junqueirópolis

2638
visualizações

O corpo do peão de boiadeiro Fabiano Pinheiro Rocha, de 36 anos, foi sepultado, na manhã desta quarta-feira (10), no Cemitério Municipal de Junqueirópolis (SP). Ele morreu após ser pisoteado por um touro durante um rodeio em Fátima do Sul (MS), na noite da segunda-feira (8).

Conforme o também peão João Pedro, que era amigo de infância da vítima, Rocha competia havia 15 anos e era um homem humilde e trabalhador.

“Um menino sonhador, um menino que lutou até o seu último suspiro. Eu acho que ele cumpriu o que tinha que cumprir na Terra, né? Tudo na nossa vida tem começo, meio e fim. Então, ele viveu o que tinha que viver bem vivido”, avaliou João Pedro.

Rocha deixa esposa e filho.

O caso

O peão Fabiano Pinheiro Rocha morreu na noite da última segunda-feira (8) após ser pisoteado por um touro durante um rodeio em Fátima do Sul, em Mato Grosso do Sul. A vítima era de Junqueirópolis, no Estado de São Paulo, e estava competindo no momento do acidente.

Rocha chegou a completar os oito segundos em cima do touro depois da abertura da porteira, porém, foi arremessado e as patas do animal pisotearam suas costas. Pelas imagens, é possível ver que a vítima ainda levanta e sobe na porteira (veja abaixo).

Ao g1, o delegado Cristiano André Hein, da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, informou que Rocha foi socorrido após o acidente, mas não resistiu aos ferimentos.

g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui