ETE inaugurada por Gerolina resolve problema de décadas e revela seu cuidado com o meio ambiente

52
visualizações

Nesta segunda-feira (5), como parte da programação dos 70 anos de Água Clara, a prefeita Gerolina Alves inaugurou uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) compacta, localizada anexa ao lixão. A construção desta estação visa dar fim ao destino irregular dos dejetos das fossas que são despejados à céu aberto resolvendo, assim, um problema que perdura por várias. A obra foi construída com recursos próprios e, conforme disse a secretária Letícia Feitosa, mostra a preocupação da prefeita com o meio ambiente. “É a única gestão com olhar para o meio ambiente”, cravou. A ETE terá capacidade para processar 70m3 de dejetos por hora e, inicialmente, deverá receber em torno de 100m3 diários de excrementos.

Vale lembrar, porém, que se trata de uma medida paliativa, até que a Sanesul coloque em funcionamento a ETE que está construindo no município e que deve ficar pronta dentro de, aproximadamente, dois anos.

Importante lembrar também que, durante seu mandato de vereadora, Gerolina fez constates gestões junto à Sanesul no sentido de que a estação viesse a ser construída e, por tanto, tem grande parcela de contribuição para que o projeto saísse do papel. E as cobranças continuam durante o seu mandato de prefeita.

Funcionamento

Em relação ao funcionamento da ETE, conforme explicou a secretária Letícia, a água com impurezas que vem de casas e comércios agora passará por várias etapas de tratamento, sendo devolvida ao meio ambiente em seguida. “Os dejetos despejados no lixão terão seu destino correto”, esclareceu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui