Saúde de Três Lagoas promove Conferência Municipal com foco em aprimorar a qualidade e a eficiência dos serviços

477
visualizações

A Prefeitura de Três Lagoas, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e o Conselho Municipal de Saúde (CMS) promoveram, na última sexta-feira, 19 de abril, a 1ª Conferência Municipal de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, com o principal objetivo de aprimorar a qualidade e a eficiência dos serviços de saúde oferecidos em nosso município.

O Plenário da Câmara Municipal de Três Lagoas se transformou em um fórum de ideias, debates e construção coletiva durante o evento. Com o tema “Democracia, Trabalho e Educação na Saúde para o Desenvolvimento: Gente que faz o SUS acontecer”, a noite foi marcada por intensos diálogos e propostas que visam fortalecer o Sistema Único de Saúde.

A conferência foi estruturada em três eixos fundamentais:

Democracia, controle social e o desafio da equidade na gestão participativa do trabalho e da educação em saúde.
Trabalho digno, decente, seguro, humanizado, equânime e democrático no SUS: uma agenda estratégica para o futuro do Brasil.
Educação para o desenvolvimento do trabalho na produção da saúde e do cuidado das pessoas que fazem o SUS acontecer: a saúde da democracia para a democracia da saúde.

Com base nesses eixos, foi estabelecido um direcionamento para as discussões e propostas de soluções que visam aprimorar a gestão do trabalho e a educação na saúde. Ao todo, foram elaboradas 56 propostas durante a conferência, todas representativas do engajamento e do comprometimento dos participantes com a melhoria do SUS. Essas propostas serão encaminhadas para a conferência estadual, onde ganharão ainda mais visibilidade e poderão ser debatidas em um contexto mais amplo.

“É importante ter essas conferências como espaços democráticos para a participação de profissionais da saúde, representantes da sociedade civil e autoridades locais na formulação de propostas concretas e relevantes. É através desses encontros que podemos construir um SUS mais justo e eficiente, onde todos têm voz e participação ativa na construção do sistema de saúde que queremos para o nosso país”, ressaltou a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Angelina Zuque.

Antecedendo essa conferência principal, foram realizadas quatro turmas de pré-conferência nos dias 04, 09, 11 e 12 de abril, nas quais 166 pessoas, entre usuários do SUS, trabalhadores e gestores da saúde, participaram ativamente. No dia da conferência, mais 89 pessoas se juntaram a esse grupo, totalizando 255 participantes engajados em elaborar propostas concretas para os desafios da saúde pública no município.

Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui